quarta-feira, 26 de julho de 2017

Portela reinaugura consultório dentário na quadra, neste sábado

Uma grande ação social no próximo sábado (29), das 16h às 18h, vai marcar a reinauguração do consultório odontológico da Portela. Na ocasião, uma equipe de profissionais liderada pela dentista Hellen Mary Costa vai oferecer gratuitamente aplicação de flúor e dar dicas de higiene bucal para crianças de 2 a 12 anos. Para ser atendido, o menor deverá estar acompanhado de um responsável legal, que vai precisar apresentar identidade, CPF e comprovante de residência. O evento será aberto para o público em geral.


"Estamos muito felizes com a reabertura do nosso consultório dentário. É uma iniciativa muito importante, porque dará chance para nossos componentes com menos recursos de poder fazer tratamento e ter acompanhamento com uma profissional especializada, no caso a doutora Hellen, a quem quero agradecer muito pela parceria. Nossa ideia com o tempo é ampliar cada vez mais a quantidade de pessoas atendidas pelo projeto", revela o presidente Luis Carlos Magalhães.

Já a partir do dia 12 de agosto, sempre aos sábados, de 9h ao meio-dia, o atendimento será estendido para componentes da Portela de todas as idades, com a distribuição de dez senhas por sábado. Serão disponibilizados serviços de limpeza, restaurações, extrações simples, além de orientações sobre higiene bucal. Os interessados deverão sempre apresentar identidade, CPF e comprovante de residência. Inicialmente, o objetivo é priorizar o atendimento para os integrantes dos segmentos da escola e desfilantes. Nos próximos meses, a meta da diretoria é ampliar para o público em geral.

"Estou extremamente feliz de poder participar dessa iniciativa. Cuidar do sorriso e do bem-estar das pessoas não tem preço. Será uma grande oportunidade para quem está precisando se consultar com um dentista", diz Hellen Mary.

A quadra da Portela fica na Rua Clara Nunes 81, em Madureira.


Legenda da foto: Dentista Hellen Mary será a responsável pelos atendimentos
Crédito: Divulgação 


Fonte: www.gresportela.com.br

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Campanha Coração Azul no Brasil

Com o lema "Liberdade não se compra. Dignidade não se Vende. Denuncie o Trafico de Pessoas", a versão brasileira da campanha Coração Azul tem a cantora Ivete Sangalo como Embaixadora Nacional da Boa Vontade para Prevenção e Combate ao Tráfico de Pessoas.
O lançamento da campanha Coração Azul no Brasil aconteceu em maio de 2013 e contou com a participação do Diretor Executivo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) Yury Fedotov. Segundo ele, o tráfico de pessoas envolve milhões de vítimas e gera bilhões de dólares para redes criminosas.
"Nenhum país consegue escapar desse crime terrível que viola diretamente os mais fundamentais direitos humanos. O tráfico de pessoas pode acontecer no seu país, na sua cidade, na sua rua, até mesmo na sua própria casa. É exatamente por isso que foi criada a Campanha Coração Azul, para conscientizar as pessoas a nível mundial sobre esse problema que está ao nosso redor. Portanto, todas as nações têm a responsabilidade de confrontar o tráfico de pessoas", disse Fedotov.
Com o lançamento da campanha, o país se insere na mobilização internacional contra esse crime. No Brasil, de 2005 a 2011, foram investigadas 514 denúncias desse crime. Dois terços - 344 - dos inquéritos são relacionados com trabalho escravo. Outros 157 são de tráfico internacional e 13 investigaram tráfico interno de pessoas, modalidade em que o índice de denúncia é muito baixo. A atuação do Estado brasileiro resultou no indiciamento de 381 suspeitos. Por causa de limites da legislação e de dificuldades em reunir provas, apenas 158 foram presos.


O Diretor Executivo do UNODC, Yury Fedotov, o ministro da Justiça, José Cardozo, e a cantora Ivete Sangalo formalizam o lançamento
Além do empenho dos governos e dos organismos internacionais, o enfrentamento ao tráfico de pessoas exige a mobilização da sociedade e a conscientização de cada pessoa. Cada cidadão tem o dever de denunciar.
Para isso, o governo disponibiliza a rede de núcleos e postos estaduais e municipais de enfrentamento ao tráfico de pessoas, a rede consular para apoio no exterior, os serviços Disque 100, da Secretaria de Direitos Humanos, o Ligue 180, da Secretaria de Políticas para as Mulheres. Também é possível se comunicar com a Coordenação de enfrentamento ao Tráfico de Pessoas da Secretaria Nacional de Justiça pelo e-mail de informação: traficodepessoas@mj.gov.br ou pelo e-mail de denúncia da Polícia Federal: urtp.ddh@dpf.gov.br.
Com a adesão, o Brasil se compromete a disponibilizar meios de divulgação e mobilização da sociedade para a luta contra o tráfico de pessoas. Todo mundo pode participar: curta o Coração Azul no Facebook, adote esse símbolo no seu perfil ou na página da sua empresa. Use o coraçãozinho na lapela. Ajude a promover a campanha em suas rede sociais e combata esse crime.

Siga o Coração Azul

Ao seguir o Coração Azul você pode mudar a sua foto do perfil no Facebook, conectar-se por meio do Twitter ou assistir a vídeos sobre o tráfico de pessoas no YouTube. Participe e apoie virtualmente a campanha Coração Azul.

domingo, 16 de julho de 2017

Você sabe como se defender do crime de racismo?

Confira a cartilha produzida pela Defensoria Pública do Rio de Janeiro que  esclarece como se defender do crime de racismo. A cartilha menciona que  em caso de racismo, a primeira dica é reunir todas as provas do ocorrido, como por exemplo fotos, vídeos, os dados principais do agressor (como nome, endereço, telefone) e de quem eventualmente tenha testemunhado o fato, detalhes do local onde aconteceu a discriminação, anúncios e reportagens que possam comprovar etc.
Após, deve-se procurar pela Delegacia de Polícia mais próxima, com a companhia das testemunhas e das provas que existirem. A partir daí, realize o Registro de Ocorrência Policial e, ao fim, solicite uma cópia deste documento. Depois, compareça à Defensoria Pública munido de toda a documentação reunida para que sejam tomadas as demais medidas jurídicas cabíveis.
Ainda, o documento esclarece a diferença de racismo e injuria racial e as diversas formas de racismo.
Fonte: www.emporiododireito.com.br/DPERJ

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Ação Social próximo sábado no Rio de Janeiro

São João de Meriti

Endereço: Avenida do Comércio – na Praça de Jardim Metrópole - RJ 
Horário: A partir das 09 horas


Belford Roxo

Endereço: Escola Municipal José Pinto Teixeira, Rua dos Engenheiros, s/nº - Recantus – Belford Roxo, RJ 
Horário: A partir das 09 horas

Cinelândia
Endereço: Cinelância - Centro do Rio de Janeiro (em frente à Câmara dos Vereadores) 
Horário: A partir das 09 horas
 
Ações sociais são aquelas solicitadas por instituições, associações e congêneres para a participação da Defensoria Pública, com a finalidade de fornecer orientações jurídicas, expedir ofícios de gratuidade e elaborar petições iniciais sem complexidade aos hipossuficientes e vulneráveis daquela localidade, que ocorrem nos fins de semana e feriados. Nessas ações, os interessados podem obter segunda via de documento de identidade, de certidões de nascimento e de casamento, de habilitação para casamento e obter esclarecimentos em questões de direito de família, cível e do consumidor. É a Defensoria Pública indo ao encontro da população para cumprir sua missão constitucional de prestar atendimento jurídico de qualidade a quem precisa!
Email para contato - acaosocialdpgerj@gmail.com

Fonte: www.defensoria.rj.def.br